Comemorou-se, no dia 18 de maio, o Dia Internacional dos Museus, este ano sob o tema “Museus e Paisagens Culturais”. Para celebrar este dia, o Município de Ribeira de Pena, através do Ecomuseu, realizou um conjunto de atividades que englobaram visitas guiadas e ateliês no Museu da Venda Nova, na Casa de Camilo-Friúme e no Museu do Linho, em Limões.

Durante a manhã, cerca de oitenta frequentadores dos Centros de Convívio reuniram-se no Museu da Venda Nova, onde puderam apreciar a exposição “Memórias da Terra” e conhecer os núcleos que integram o Ecomuseu. Após esta visita guiada, teve início a caminhada até Friúme, seguindo os caminhos tradicionais do vale de Ribeira de Pena. Em Friúme, puderam conhecer a Casa de Camilo, onde o escritor viveu com sua primeira esposa, e compreender como a sua passagem por Ribeira de Pena influenciou o seu génio e a sua obra. No final da manhã, realizou-se um almoço convívio que se prolongou pela tarde animado pelas concertinas dos convivas.

Durante a tarde, foi a vez dos alunos do pré-escolar do Agrupamento de Escolas de Ribeira de Pena visitarem o Museu da Venda Nova e o Museu do Linho, onde puderam conhecer a história e as tradições locais. No Museu da Venda Nova, os pequenos visitantes puderam conhecer as imagens mais antigas do concelho, enquanto no Museu do Linho tiveram a possibilidade de experimentar o trabalho no tear e assistir à sementeira do linho providenciada pelo Grupo de Tecelagem de Limões.

No final das atividades, todos os participantes puderam degustar as bolachas de linhaça confecionadas pelo ateliê de culinária dos Centros de Convívio.

A comemoração do Dia Internacional dos Museus visou a dinamização dos espaços museológicos e a valorização da riqueza patrimonial de Ribeira de Pena.

Fotos