A aldeia de Friúme, situada no concelho de Ribeira de Pena, foi um dos cenários da vida de Camilo Castelo Branco; aqui se enamorou e casou com Joaquina de França, de quem teve a primeira filha, Rosa. Desta estadia fugaz por Friúme o escritor levou a essência da terra e das gentes que se verifica ao longo de toda a sua obra. Em 2016, pelos 175 anos do casamento de Camilo e Joaquina, realizado na Igreja Matriz do Divino Salvador, a Câmara Municipal de Ribeira de Pena, através do Ecomuseu, em co-organização com a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, apresentou o I Congresso Internacional “Camilo: o homem, o génio e o tempo” , que vem dar seguimento ao trabalho já realizado pelos anteriores seminários de “Camilo e Ribeira de Pena” e abrir novas perspetivas de estudos camilianos. É intenção do Município de Ribeira de Pena perpetuar a memória cultural e patrimonial em torno do tão aclamado escritor português, Camilo Castelo Branco.

Assim, no dia 8 e 9 de setembro de 2017 irá realizar-se o II Congresso Internacional Camilo: o homem, o génio e o tempo no Auditório Municipal de Ribeira de Pena.

 

Conheça o programa e inscreva-se na Página do Congresso.