No âmbito das comemorações do Dia Internacional do Monumentos e Sítios 2021, com o tema “Passados Complexos: Futuros Diversos”, celebramos este dia exclusivamente on-line dando a conhecer um dos ex-libris da arqueologia no concelho de Ribeira de Pena, a Estação de Arte Rupestre de Lamelas, classificado como Imóvel de Interesse Público.

Também conhecida como Eira de Lamelas, situa-se numa zona aplanada do pinhal de Lamelas que possui em toda a sua extensão uma diversificação de figuras com motivos esquemáticos, antropomorfos, ferraduras, serpentiformes, cruciformes, estrelas, figuras abstratas e figuras compósitas.

Esta rocha ao ar-livre com motivos gravados poderá situar-se cronologicamente no Neolítico final/ Calcolítico, em que a maioria das gravuras poderão ter sido feitas dentro do mesmo período cultural e cronológico, coexistindo entre si.

No imaginário popular ribeirapenense este local tem um significado místico e religioso onde os símbolos nos levam a um local ritualizado onde os povos da região acorreriam nas festividades do equinócio e do solstício, o que lhe terá atribuído algumas lendas pela tradição popular.

Poderá visitar este local seguindo o link: https://goo.gl/maps/pimcHQhDbs9xeZ5F7