Realizou-se no passado dia 28 de novembro de 2018 a comemoração dos 300 anos do nascimento de Manuel José de Carvalho, ilustre ribeirapenense responsável pela construção da Igreja Matriz de Ribeira de Pena. Para celebrar a efeméride, o Ecomuseu de Ribeira de Pena promoveu um conjunto de visitas guiadas que envolveram a Capela de São Pedro e a Igreja Matriz, permitindo a interpretação histórica da paróquia de São Salvador através dos elementos artísticos que se preservam nestes dois monumentos.

Aos vários participantes foi permitido conhecer em pormenor a antiga igreja paroquial, de origem medieval, que se desenvolvia junto à Capela de São Pedro onde se preservam alguns pormenores artísticos de relevo, merecendo destaque o arco gótico de acesso à antiga igreja, o brasão do seu fundador e o fresco renascentista do altar recentemente descoberto e restaurado. A segunda parte das visitas deu a conhecer a atual Igreja Matriz, magnífico monumento rococó, percorrendo a história da sua construção, os pormenores artísticos e devocionais que a caraterizam e as histórias que preserva, com especial destaque para o casamento de Camilo Castelo Branco.

Manuel José de Carvalho nasceu no lugar de Ruival a 28 de novembro de 1718, onde viveu até aos 12 anos, tendo depois emigrado para o Brasil onde fez fortuna. Por sua iniciativa foram construídas as igrejas de Ribeira de Pena, Afonsim (Vila Pouca de Aguiar) e Bilhó (Mondim de Basto), para além de avultadas doações à Capela de Nossa Senhora da Guia e às igrejas de Santa Marinha e Santo Aleixo d’Além Tâmega. Esta atividade foi organizada pelo Município de Ribeira de Pena, através do Ecomuseu, em coordenação com Paróquia de Salvador.

 

Fotos